terça-feira, 5 de março de 2013

Parada na Esquina [Desinformação Seletiva]


Fotocolagem: Nina Rizzi e A Grande Mulata de Carybé.

"Nina Rizzi está parada na esquina. A esquina não fica entre duas ruas. As ruas estão desertas, porque toda a cidade saiu de casa ao mesmo tempo. O tempo corre tão rápido quanto o espaço. O espaço não significa mais nada. Nada é tudo o que o mundo inteiro sabe agora. Agora ninguém tira os olhos da maldade. A maldade é doce e grudenta como melado. O melado escorre dos corpos assolados pelo verão. Um verão inclemente como a verdade. A verdade não passa de uma miragem. A miragem é Nina Rizzi, parada em todas as esquinas."

- IMAGEM E TEXTO: Tuca Zamagna, IN: Desinformação Seletiva

Não seja tantam e breche toda a série "O Grande Desfile de Pin-ups" ;-)

3 comentários:

Tuca Zamagna disse...

Assim, isolada das outras pin-ups, você ficou maior ainda. E o texto, sei lá porque, me pareceu melhor. A galinha da vizinha é mais gorda que a minha?

Beijos

Marcos Satoru Kawanami disse...

Nina,

O vinho pode ser Chapinha, e o feijão pode ser de lata; mas mulher tem de ser mulata.

;*
Marcos

Welliton Oliveira disse...

incrível isso; que inveja :)